Início » Blog » Julgamento dos Médicos de Maradona

Julgamento dos Médicos de Maradona

 Análise de Áudios é Crucial: Julgamento dos Médicos de Maradona, Vejamos o que pode acontecer.

                                                    Siga o Bola365 No

Audiência na Argentina Avalia Evidências Contra Profissionais de Saúde

Uma audiência crucial aconteceu nesta quarta-feira (6), em San Isidro, Argentina, onde mais de 130 mil áudios estão sendo analisados no caso envolvendo a morte de Diego Maradona, em novembro de 2020.

Oito profissionais de saúde, que estavam responsáveis pelo cuidado do ícone do futebol, enfrentam acusações  com eventual dolo, com possíveis penas variando entre oito a 25 anos de prisão.

Os Réus e Suas Responsabilidades

Entre os acusados estão o neurocirurgião Leopoldo Luque, a psiquiatra Agustina Cosachov, o psicólogo Carlos Díaz, a médica Nancy Forlini, o coordenador de enfermagem Mariano Perroni, os enfermeiros Ricardo Omar Almirón e Dahiana Gisela Madrid, e o clínico Pedro Di Spagna.

Maradona (7)

Em abril de 2023, a justiça argentina determinou que esses profissionais fossem levados a julgamento, citando ações e omissões que contribuíram significativamente para o falecimento de Maradona.

Conclusões da Junta Médica e Circunstâncias da Morte

Uma junta médica concluiu que Maradona foi negligenciado, recebendo um tratamento inadequado, deficiente e imprudente, caracterizado como abandono.

Maradona faleceu aos 60 anos, encontrado sozinho em sua cama numa casa alugada ao norte de Buenos Aires, onde deveria estar em recuperação domiciliar após uma cirurgia cerebral.

Este julgamento marca um ponto crucial na busca por justiça para Diego Maradona, destacando a importância da responsabilidade médica e do cuidado adequado a pacientes. A análise profunda dos áudios busca esclarecer as circunstâncias que levaram à morte da lenda do futebol, possivelmente redefinindo os padrões de cuidado na saúde de figuras públicas.

Acompanhe nosso FACEBOOK

Deixe um comentário