Decadência da seleção brasileira. Sofiane Boufal (29) e Abdelhamid Sabiri (79), ambos meio-campistas, garantiram a vitória da seleção africana. Contra um time esgotado sem o lesionado Neymar e com muitas caras novas, e pela primeira vez em quase sete anos, sem Tite na margem.

Depois de falhar no Mundial, onde a seleção perdeu para Croácia nos pênaltis nas quartas de final, o técnico deixou o cargo, e o técnico da seleção Sub-20, Ramon Menezes, assumiu interinamente.

O capitão Casemiro (67) conseguiu empatar com um remate de longe que foi desviado pelo guarda-redes Yassine Bounou, a grande estrela dos norte-africanos no Qatar, mas os marroquinos recuperaram a vantagem 12 minutos depois.

Antes de a bola rolar no lotado estádio Ibn Batouta, na cidade marroquina, os dois times homenagearam o “Rei” Pelé, que morreu em dezembro passado, aos 82 anos, vítima de câncer.

Decadência

A seleção brasileira de futebol é uma das mais bem-sucedidas da história. Com cinco títulos da Copa do Mundo e inúmeras outras conquistas em competições internacionais. No entanto, nos últimos anos, houve uma sensação de declínio no desempenho da equipe.

Vários fatores contribuíram para essa percepção de decadência da seleção brasileira. Um deles é a falta de renovação do elenco, com muitos jogadores veteranos na posição-chave na equipe, enquanto os jogadores mais jovens não estão na seleção.

Além disso, houve uma série de mudanças frequentes na comissão técnica, o que pode ter prejudicado a consistência e estabilidade da equipe. A seleção também enfrentou adversidades em campo, como a falta de um jogador decisivo capaz de assumir a liderança da equipe nos momentos mais difíceis.

Outro fator a ser considerado é a evolução do futebol em outros países, como a ascensão de precursora como França e Bélgica. Que portanto apresentam um futebol de alta qualidade e têm conquistado bons resultados em competições internacionais.

No entanto, é importante lembrar que o futebol é um esporte cíclico. A seleção brasileira já passou por períodos de altos e baixos ao longo de sua história. É possível que a equipe volte a apresentar um desempenho de alto nível em um futuro próximo. Mas falta a implementação de mudanças estratégicas e ascensão de novos talentos.

Acesse nosso SITE para mais notícias

Acompanhe nosso FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui