Sport e Santa empata pela Copa do Nordeste. No último sábado (18), houve um jogo entre Sport e Santa Cruz, conhecido como Clássico das Multidões. Que fez parte da quarta rodada da Copa do Nordeste. Durante a partida, o time do Sport teve mais controle da bola, mas não conseguiu passar pelo goleiro Michael, que foi o destaque do Santa Cruz, evitando que o Sport marcasse e garantindo o empate em 0 a 0. Com esse resultado, o Sport permanece na liderança do Grupo A da Copa do Nordeste, enquanto o Santa Cruz está em quinto lugar no Grupo B, com nove pontos, e precisa vencer o Fortaleza no próximo jogo para ter chances de se classificar no torneio.

O Sport jogará fora de casa contra o CSA na próxima quarta-feira (22), às 21h30, pela oitava rodada da Copa do Nordeste. Enquanto isso, o Santa Cruz jogará contra o Fortaleza, que está em segundo lugar no Grupo A, também no mesmo dia e horário.

A partida

O início do jogo foi marcado pelo controle do Sport, que mantinha a posse de bola e mantinha o Santa Cruz recuado em sua defesa. Logo aos cinco minutos do primeiro tempo, houve uma chance de gol quando o zagueiro Chico empurrou a bola para as redes, mas o árbitro anulou o lance por impedimento.

Aos 14 minutos, o Santa Cruz conseguiu criar uma oportunidade de perigo, quando Lucas Silva avançou pela direita e chutou forte de fora da área, exigindo uma boa defesa do goleiro Renan. O Sport ainda dominava o jogo, mas estava tendo dificuldades para finalizar e começava a perceber um melhor desempenho do Santa Cruz.

Aos 19 minutos do jogo, o Sport quase marcou o primeiro gol. Igor Cariús fez uma jogada pela ponta esquerda e cruzou para Vagner Love, que estava livre de marcação na área e chutou com a perna esquerda, obrigando o goleiro Michael a fazer uma defesa incrível para evitar o gol do time rubro-negro. Quatro minutos depois, Love teve outra oportunidade após uma bela tabela com Cariús, mas acabou chutando para fora.

Aos 37 minutos, o Sport teve outra chance de marcar quando Jorginho empurrou a bola para o meio da área após um cruzamento no segundo poste, mas Vagner Love cabeceou por cima do gol. Apesar das tentativas, o Sport não conseguiu marcar e o primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0.

Após intervalo

 

Ao início do segundo tempo, o jogo apresentou certa estabilidade, mas essa calmaria não durou muito. Aos 10 minutos, o lateral Marcos Vinícius foi expulso após fazer uma falta forte em Edinho, recebendo seu segundo cartão amarelo. Aproveitando a vantagem numérica, o Sport intensificou a pressão no setor defensivo do Santa Cruz e quase marcou aos 12 minutos. Assim em uma bela jogada que culminou com um peixinho de Fabinho, defendido pelo goleiro Michael.

Aos 19 minutos, o Leão voltou a ameaçar, dessa vez em uma jogada aérea concluída com um cabeceio para fora de Luciano Juba. O técnico do Santa Cruz, Ranielle Ribeiro, demonstrava preocupação com as jogadas pelo alto do adversário.

Aos 30 minutos, o goleiro Michael se destacou novamente ao defender um cabeceio de Jorginho, após mais um cruzamento na área. O Santa Cruz, por sua vez, quase marcou aos 45 minutos, em um contra-ataque finalizado com uma tentativa de Gabriel Cardoso, que foi impedido pelo capitão do Sport, Rafael Thyere, que tirou a bola em cima da linha do gol. O jogo seguiu com forte pressão do Sport, mas sem efetividade, e o Clássico das Multidões acabou empatado em 0 a 0.

Acesse nosso SITE para mais notícias

Acompanhe nosso FACEBOOK

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui