Camisa da Seleção brasileira é usada por extremistas. Assim se tornou palco de repúdio da (CBF), afirmando que a camisa é um símbolo da nação ‘usada para unir e não para separar o povo brasileiro.

No último domingo (8), uma multidão de bolsonaristas invadiram e distruiram as sedes dos Três Poderes, na Capital Federal. Em nota oficial, a CBF destacou que é uma instituição apartidária e democrática.
Portanto durante a Copa do Mundo, o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva. Destacou nas redes sociais, que seus eleitores não devem ter ‘vergonha’ de utilizar a camisa da Seleção Brasileira. Pois ela não é de apenas um partido político e sim de todo povo brasileiro. No cenário atual, durante os atos violentos ficou clara a associação entre as duas cores com o grupo partidário.
O Brasil passa por um momento muito difícil, o uniforme de nossa seleção não pode se minguar a movimentos extremistas e antidemocráticos, a história infelizmente registra esse fato triste. Contudo a camisa da seleção brasileira é de 215 milhões de brasileiros. Agora a justiça brasileira está tomando todas medidas possíveis e com certeza a CBF também fará o mesmo.
Por fim  esperamos um País unido e homogenio , com todo Brasil vibrando e empurrando a gigante verde e amarela, pois a nossa camisa da seleção é nosso patrimônio histórico.
Para mais notícias acesse nosso LINK
Visite nosso facebook LINK

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui