Bahia de Feira

A Associação Desportiva Bahia de Feira, um destacado clube de futebol situado em Feira de Santana, Bahia, é reconhecida como uma das principais equipes do interior nordestino. O seu traje característico consiste em uma camisa na tonalidade azul-marinho, adornada com detalhes vermelhos e brancos, além de calções e meias na mesma cor azul-marinho. Houve uma expansão significativa do clube para a temporada de 2020, como mencionado por Thiago Souza, presidente do Conselho Deliberativo.

Além disso, em 2021, o estádio do clube passou por uma ampliação, incluindo a adição de uma nova seção de arquibancadas. Segundo Thiago Souza, esta expansão elevou a capacidade do estádio para aproximadamente 7.000 espectadores, embora este número esteja sujeito à aprovação das autoridades competentes, incluindo o corpo de bombeiros. Os jogos do time são realizados na Arena Cajueiro, que possui capacidade para acomodar 7.000 pessoas.

A história de Bahia de Feira

Bahia de Feira

Fundado em 2 de julho de 1937, o Bahia de Feira, inicialmente conhecido como Associação Desportiva Bahia, passou por uma série de transformações ao longo dos anos. Em 1969, o clube adotou o nome Feira Esporte Clube, acompanhado de um uniforme listrado em amarelo e vermelho. Esta fase, contudo, durou apenas três anos, findando em 1972, quando o clube retomou o nome Associação Desportiva Bahia, agora acrescido de “de Feira” e reverteu para suas cores originais. A equipe só retornou à primeira divisão do futebol em 1983.

Sob nova direção em 2009, o clube alcançou o tricampeonato da segunda divisão baiana e avançou às semifinais da primeira divisão no ano seguinte, incluindo vitórias sobre os tradicionais times Ba-Vi.

Em 2011, o Bahia de Feira alcançou um marco histórico ao conquistar seu primeiro título do Campeonato Baiano, derrotando o Vitória no estádio Barradão, com um placar agregado de 4 a 3. No mesmo ano, a equipe também se destacou ao vencer o Torneio Início da Bahia.

O ano de 2012 foi igualmente positivo para o clube, que liderou o Campeonato Baiano por algumas rodadas, finalizando na quinta posição. Na Copa do Brasil, sua jornada terminou na segunda fase após uma derrota para o São Paulo por 5×2.

Em 20 de maio de 2013, a diretoria do Bahia de Feira anunciou no site oficial uma parceria com o Esporte Clube Vitória. A equipe mudaria seu nome para Esporte Clube Feira de Santana, adotando novas cores e um mascote diferente, o cangaceiro. No entanto, a CBF não autorizou as alterações, mantendo o clube com seu nome e identidade originais.

A estrutura física do clube também evoluiu. Em 10 de julho de 2018, foi inaugurado o Estádio Professor Jodilton Oliveira Souza e o Centro de Treinamento Arena Cajueiro, com capacidade para 4 mil pessoas e infraestrutura moderna, incluindo gramado sintético.

Para a temporada de 2020, o clube passou por ampliações significativas, conforme relatado por Thiago Souza, presidente do Conselho Deliberativo. Em 2021, mais um setor de arquibancadas foi adicionado, aumentando a capacidade para cerca de 7.000 espectadores, sujeita à aprovação dos órgãos competentes.

Finalmente, em 21 de abril de 2019, o Bahia de Feira quase repetiu seu sucesso de 2011, mas acabou vice-campeão baiano contra o Bahia, na Arena Fonte Nova. Apesar disso, o clube foi o mais laureado no Campeonato Baiano de 2019, com quatro jogadores e o técnico incluídos na seleção do campeonato, destacando-se o goleiro e capitão Jair, eleito o melhor goleiro do torneio.

Escudo

Bahia de Feira escudo

Ao longo de sua história, o Bahia de Feira passou por diversas mudanças em seus símbolos. Durante o período em que era conhecido como Feira Esporte Clube, o clube utilizava o brasão da cidade de Feira de Santana como seu escudo. Posteriormente, em 1972, o time adotou um desenho que se aproximava mais do seu formato atual. Depois, em 2008, o emblema do clube sofreu nova alteração. A mais recente modificação, até o momento, consistiu apenas na adição de sombreamento ao design existente.

Mascote

Bahia de Feira Mascote

O mascote do Bahia de Feira de Santana é o Tremendão. Esse mascote representa a força e a tradição do time, simbolizando a energia e o espírito competitivo da equipe. O apelido “Tremendão” é uma forma carinhosa pela qual os torcedores e a comunidade local se referem ao clube, evidenciando o vínculo estreito entre o time e seus apoiadores.

Estádio do Bahia de Feira

Bahia de Feira Estadio

O estádio do Bahia de Feira é a Arena Cajueiro. Este estádio, localizado na cidade de Feira de Santana, Bahia, representa um marco importante para o clube e sua base de fãs. Inaugurado em 2018, o Arena Cajueiro é um estádio moderno que conta com infraestrutura de ponta. Uma das suas características mais notáveis é o gramado sintético, algo ainda não muito comum nos estádios brasileiros. Com capacidade para cerca de 4.000 espectadores, ele oferece um ambiente acolhedor e vibrante para os jogos do Bahia de Feira, tanto nas competições estaduais quanto em outras disputas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui