Vinícius Jr foi o centro das atenções a poucas horas do clássico da Copa do Rei  entre Real Madrid e Atlético de Madrid. Após ser representado como um boneco pendurado com sua camisa em uma ponte na capital espanhola.

O boneco foi pendurado simulando um enforcamento em uma ponte perto do centro de treinamento do Real Madrid. Portanto colocaram o boneco na ponte com os dizeres “Madri odeia o Real“, segundo relatos da mídia local. No entanto a polícia de Madrid investiga os fatos
No entanto esse triste incidente ocorreu poucas horas antes de Real Madrid e Atlético disputarem as quartas de final da Copa do Rei.  A partida aconteceu em jogo único no Santiago Bernabéu.

Atos racista

Todavia ações como essas são absolutamente tristes e inadmissíveis e constrangem a sociedade. Nossa condenação a qualquer ato que atente contra a dignidade de pessoas ou instituições é contundente e sem paliativos”, afirmou o Atlético em um comunicado.
Contudo a  rivalidade entre os dois clubes é quente, mas o respeito também deve haver”, acrescentou o clube ‘rojiblanco‘, confiante de que “as autoridades poderão fazer justiça.
Diante disso condenamos veementemente os atos de ódio contra Vinícius Jr. Intolerância e violência não cabem no futebol”, disse a LaLiga em mensagem no Twitter.
Vinícius Jr
Vinícius Jr
No clássico da liga em setembro do ano passado, no qual o Real Madrid venceram por 2 a 1, alguns torcedores ‘rojiblancos’ fizeram insultos racistas contra Vinícius Jr antes e durante a partida.
No entanto esses fatos foram levados aos tribunais, mas arquivaram o processo por não terem apurado crime e nem encontrado culpados.
Vinícius Jr “é um jogador de que precisamos, de quem o futebol precisa, que tem um talento extraordinário”, disse na quarta-feira o treinador do Real Madrid,  Ancelotti, para quem “temos de protegê-lo no aspecto físico e mental” acrescentou o técnico merengue.
Para mais notícias acesse nosso LINK
Acompanhe nossa página no facebook LINK

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui